Tempo, Vida. Relógio. À memória dos amigos que já perdi. Aos que espero não perder. Aos que acreditam na solidariedade. NÃO SEI POR ONDE VOU ... SEI QUE NÃO VOU POR AÍ

02
Dez 08

HELP !

 

Como referi, tenho-me sentido bloqueado.

 

Pensei em abordar a questão de Fundos de Investimento que os bancos nos venderam como produtos sem qualquer risco de capital, mas nem o Banco de Portugal se preocupa com esse detalhe ou pormenor, pois a garantia verbal não é acompanhada de qualquer estipulação escrita.

 

E o sistema bancário já não se distingue de qualquer vendedor ambulante, tal a política comercial que têm seguido, desde a defesa política da desregulação económica até ao desincentivo dos velhinhos depósitos a prazo, sempre com uma taxa inferior à inflacção até aos produtos mais sofisticados com que nos vão arruinando.

 

E, agora, beneficiam ainda dos nossos impostos para algumas situações de verdadeiras fraudes, tudo despudoradamente em nome da protecção e garantia dos valores dos clientes... Vale tudo.

 

Alguns ainda nos escrevem, sem vergonha ou pudor, para nos revelar a excelência do produto, para serem renovados e na ausência de uma manifestação de vontade, nos creditarão a conta pelo valor que tiverem no final de Dezembro.

 

Quem a tal se atreve devia ser avaliado com um excelente, dadas as avaliações neste País, não obedecerem a nada que venha em qualquer dicionário.

 

Só que, sem colocar em causa a equipa que foi liderada por Miguel Cadilhe no Ministério das Finanças... se vai verificar e o valor nominal dos Planos de Poupança em Acções é actualmente inferior ao que investimos 10 anos atrás.

 

Ou seja, o nosso dinheiro, bloqueado contratualmente tantos anos, seria devolvido por capital inferior.

 

Se analisa os PPR's, estes de capital garantido, mas a uma taxa garantida de 2%, - os Bancos esquecem que «garantida» não implica que não possa ser superior e, pelo menos, igualize a inflacção, até porque só pode ser levantada sem penalização fiscal quando tivermos a bonita idade de 65 anos. E é tão bom dispôr de capitais tão mal remunerados.

 

Claro que o Governo se preocupa, em ano eleitoral, com as questões sociais, mas aposto que, mesmo na actual conjuntura de graves prejuízos, se preocupa em permitir o levantamento deste produto sem que sejamos fiscalmente penalizados.

 

Claro que sempre poderá refugiar-se no argumento que tais produtos foram criados pelo partido da oposição. Mas os incentivos à poupança são de todos os tempos e do interesse geral.

 

Sem falar naqueles em que fomos enganados... vai bonita a brincadeira...

 

Está demasiado frio, prejudicado na carteira e bloqueado nas ideias, nem refúgio encontro em temas de música ou teatro, que aprecio, mas nem engenho nem arte... para analisar.

 

Repito: Bloqueei, está bloqueado ...

 

Se não parar de escrever - ou escrevinhar arrazoados - é pela razão simples mas decisiva, que aqui se fazem amizades e se recebem provas de solidariedade.

publicado por Manuel Luís às 16:18
sinto-me: Como ontem

Olá Manuel!

A mim... enviaram uma mensagem de parabéns, não achas o máximo. rsrsrsrs

Beijinhos

Lis
Sempre seriamente na boa a 3 de Dezembro de 2008 às 22:22

Citando: "até porque só pode ser levantada sem penalização fiscal quando tivermos a bonita idade de 65 anos." A mim já ma faltam só 15 anos para chegar a essa vetusta idade. Pergunto-me então se nessa altura ainda farei levantar alguma coisa? Creio bem que já estou a ficar penalizada com essa realidade.
Um abraço! Há farturas quentes, saiu agora uma fritada!

Maria Ventura
Patroa a 5 de Dezembro de 2008 às 16:22

Bom dia!
Bem.. se o bloqueio faz com que tenhas todo este discernimento na análise que fazes... imagino sem bloqueio!

Recentemente achei que seria altura de parar com o meu PPR-E , cheguei à conclusão de que não valeria a pena... não nesta fase! Será útil , mas posteriormente quando estiver mais próxima da reforma.
Já agora... Feliz Natal e que o ano novo te traga muita imaginação para novos "posts", com ou sem bloqueio, pois ficamos sempre a pensar neles.
Larissa a 10 de Dezembro de 2008 às 09:07

mais sobre mim
arquivos
2009

2008

favoritos

ABRIL

links
pesquisar
 
tags

2009; ano novo; amizade(1)

acção executiva; cheques; crime; juiz(1)

amizade; amor; vida; sorriso(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades;(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades; co(1)

amizade; cidadania; cidadãos; direito ro(1)

amor; amizade(1)

amor; mulher; violência; justiça; crimes(1)

bancos; depósitos; antónio vitorino(1)

bancos; fundos de investimento; ppa; ppr(1)

blogs; blogosfera; informática; revistas(1)

casamento; divórcio; direito positivo; j(1)

cavaco silva; ps; psd; açores;politica(1)

cheques; revogação; bancos;(1)

chico buarque; maria bethânia; nat king(1)

código do trabalho(1)

crédito à habitação; politicos; jorge sa(1)

crimes; justiça; tribunais; advogados(1)

custo de vida; preços; bancos; luz(1)

direito; direito positivo; saúde; multas(1)

direito; direitos de personalidade(1)

direito; priberam; tribunal contituciona(1)

dudh; declaração universal dos direitos(1)

esperança; saúde; justiça; educação; pol(1)

fé; supertição; amizade(1)

heloise helena; amizade; poesia; interne(1)

infância; memórias; vida(1)

jornais; crime(1)

jornais; estado; ps(1)

juros; d.p.; bancos; fundos; depósitos(1)

justiça; oe; orcamento de estado(1)

juventude; imaginação(1)

livros; antónio arnaut; rio de sombras(1)

livros; história; joaquim fernandes; mar(1)

livros; história; natal(1)

livros; lei; direito; processo civil; ju(1)

livros; leitura(1)

mulher; amor; amizade; trabalho;(1)

mulher; amor; solidão(1)

mulher; homem; casamento; blogs; anedota(1)

natal; acidente de viação; igreja(1)

obama; e.u.a; paz; anedotas(1)

penhora; saldo bancário; código do traba(1)

poesia; amizade; heloise helena(1)

poesia; ary dos santos(1)

poesia; ary dos santos; mulher(1)

poesia;justiça;liberdade; corrupção(1)

policia judiciária; internet; yahoo; msn(1)

política; bancos(1)

politica; mário soares(1)

romance; infância; memórias; emigração(1)

romance; trabalho; avaliação; competênci(1)

vida; amor; felicidade(1)

violência doméstica; neve;(1)

voluntariado; natal; sem-abrigo(1)

todas as tags

blogs SAPO