Tempo, Vida. Relógio. À memória dos amigos que já perdi. Aos que espero não perder. Aos que acreditam na solidariedade. NÃO SEI POR ONDE VOU ... SEI QUE NÃO VOU POR AÍ

06
Nov 08

Recebi um e-mail referindo que todos os utilizadores são rastreados pelas prestigiadas marcas e motores de buscas e, na sua sequência, me tinha sido atribuído, um prémio de elevado valor.

 

Os contactos foram até um Banco com registo na Internet - cuja honra não beliscarei.

 

Tudo um sonho, daqueles que acontecem uma vez na vida.

 

O dinheiro estaria rapidamente na minha conta, para o que seria necessário abrir uma conta em Inglaterra no dito Banco.

 

O Banco tem, porém, códigos de acesso e inquiridos, recebi uma mensagem de dificuldades de incorporação do valor do prémio, pelo que deveria realizar PREVIAMENTE o envio de um valor em Libras inglesas superior a € 1.000,00 para despesas de transferência.

 

Prémio? Despesas de transferência pagas prèviamente? Não poderiam ser dedutíveis ao prémio? E tão elevadas dentro da CE?

 

Hummm... mandei pedido a PJ do Porto por e-mail... sem resposta.

 

O site de queixas da PJ nem nos deixa entrar para queixas on-line. Boa. Chega a aparecer a informação de que o site não é seguro e contactar o portal do cidadão.

 

Estamos mesmo abandonados... 1 ano depois hão-de vir uns senhores da PJ que sabem de informática alertar-nos para o perigo de...

 

Resposta na hora... NADA.

 

Estamos mesmo desprotegidos.

 

E a Yahoo, AOL, MSN que fazem?

 

Cuidado.

 

ADENDA POSTERIOR:


 

Após nova diligência, recebi um e-mail da nossa PJ confirmando que, nestes casos, o melhor é não fornecer dados de identificação pessoal.

 

Todavia, fica a pergunta: O que fazem as autoridades? Não aproveitam estes casos para desenvolver actividades de cooperação internacional? E, pelo lado do prémio: se o dinheiro é nosso, quem disse que o queríamos transferir de Inglaterra?  Porque não se recolhem elementos e se coloca a Polícia inglesa a investigar? Ou perdemos mesmo uma fortuna? rsrrrsrsrs

publicado por Manuel Luís às 15:49
sinto-me: furioso

Parabenizo-te pela iniciativa em alertar-nos sobre os golpes executados, por aqueles que denominam-se cidadãos, mas não praticam a cidadania, sem respeito ao seu próximo, vivendo em função de endolos. Indubitávelmente temos que nos precaver dos tais mencionados, revestindo-nos de extrema prudência e atentos a quaisquer e-mails recebidos.
Grata pela tua atitude.
cleugcdf a 6 de Novembro de 2008 às 22:33

Muito Bom!!! lolololol
É caricatura? Sei que não, mas até parece. Aposto que fizeste nova diligência meses depois e que só após um ano da primeira referencia enviada à PJ é que eles responderam!
Aposto 1000 aeurios que depositarei na dita conta!
Larissa a 8 de Novembro de 2008 às 22:50

Vou dividir as situações. O site da PJ contém uma caixa de diálogo para denúncias on-line. Para utilizador comum, é um site hostil pois revelou-se impossível a sua utilização. Já no caso da Directoria do Porto, a 2.ª diligência teve resposta imediata, com referência a que a outra poderia não ter entrado e que o aconselhável era não prestar elementos de informação pessoal. Mas a resposta é insuficiente. Se tenho 550 000000 dollars para me serem transferidos, o dinheiro é (seria) meu e não do Banco que existe e presta serviços em Inglaterra. A ser assim, quem é o Banco para cobrar comissões antes da transferência? E se eu a não quiser, antes a permanência em Inglaterra? O que se afigura é que deveria ser a Interpol a investigar, pois todos os nomes envolvidos podem ser falsos e as caixas de correio uma invenção. E como dar notícia à Yahoo , Aol , MSN , etc ? Eis as questões. Estive rico, por breves instantes...
Manuel Luís a 9 de Novembro de 2008 às 08:33

mais sobre mim
arquivos
2009

2008

favoritos

ABRIL

links
pesquisar
 
tags

2009; ano novo; amizade(1)

acção executiva; cheques; crime; juiz(1)

amizade; amor; vida; sorriso(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades;(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades; co(1)

amizade; cidadania; cidadãos; direito ro(1)

amor; amizade(1)

amor; mulher; violência; justiça; crimes(1)

bancos; depósitos; antónio vitorino(1)

bancos; fundos de investimento; ppa; ppr(1)

blogs; blogosfera; informática; revistas(1)

casamento; divórcio; direito positivo; j(1)

cavaco silva; ps; psd; açores;politica(1)

cheques; revogação; bancos;(1)

chico buarque; maria bethânia; nat king(1)

código do trabalho(1)

crédito à habitação; politicos; jorge sa(1)

crimes; justiça; tribunais; advogados(1)

custo de vida; preços; bancos; luz(1)

direito; direito positivo; saúde; multas(1)

direito; direitos de personalidade(1)

direito; priberam; tribunal contituciona(1)

dudh; declaração universal dos direitos(1)

esperança; saúde; justiça; educação; pol(1)

fé; supertição; amizade(1)

heloise helena; amizade; poesia; interne(1)

infância; memórias; vida(1)

jornais; crime(1)

jornais; estado; ps(1)

juros; d.p.; bancos; fundos; depósitos(1)

justiça; oe; orcamento de estado(1)

juventude; imaginação(1)

livros; antónio arnaut; rio de sombras(1)

livros; história; joaquim fernandes; mar(1)

livros; história; natal(1)

livros; lei; direito; processo civil; ju(1)

livros; leitura(1)

mulher; amor; amizade; trabalho;(1)

mulher; amor; solidão(1)

mulher; homem; casamento; blogs; anedota(1)

natal; acidente de viação; igreja(1)

obama; e.u.a; paz; anedotas(1)

penhora; saldo bancário; código do traba(1)

poesia; amizade; heloise helena(1)

poesia; ary dos santos(1)

poesia; ary dos santos; mulher(1)

poesia;justiça;liberdade; corrupção(1)

policia judiciária; internet; yahoo; msn(1)

política; bancos(1)

politica; mário soares(1)

romance; infância; memórias; emigração(1)

romance; trabalho; avaliação; competênci(1)

vida; amor; felicidade(1)

violência doméstica; neve;(1)

voluntariado; natal; sem-abrigo(1)

todas as tags

blogs SAPO