Tempo, Vida. Relógio. À memória dos amigos que já perdi. Aos que espero não perder. Aos que acreditam na solidariedade. NÃO SEI POR ONDE VOU ... SEI QUE NÃO VOU POR AÍ

07
Nov 08

Aguardara pacientemente que a secretária lhe desse permissão para entrar, tendo sido advertido de que apenas poderia ocupar 5 minutos da agenda ocupadíssima do Senhor Director de Pessoal. (1)

 

- O Senhor Doutor, dá-me licença!? - disse amedrontado em dar o passo seguinte.

- Força, homem, seja bem vindo! O que o trás por cá? Nem me diga que é por causa da avaliação do seu Director. Até nem está má de todo. Apenas precisa de deixar os problemas de casa à porta da empresa e dedicar-se a esta de corpo e alma. De resto, bem sabe que a orgânica foi modificada e agora não disponho de poderes para modificar a avaliação que passou a ser da competência do Director do seu Pelouro.

- Não, senhor Doutor. Eu concordo com tudo e seguirei os bons conselhos prestados. Não perturbaria o precioso tempo do Senhor Doutor por isso.

- Se, assim é, optimo. Então a que se deve esta visita?

- Senhor Doutor, a vida está má, não me queixo do salário, mas os meus filhos cresceram...

- Hummm... mas já lhe disse que os aumentos estão a cargo do seu Director.

 

- Muito obrigado pela informação que atentamente ouvi. Não é isso. É que gostaria que ele pudesse ter a honra de servir também a empresa!

- Hummm... e sai ao pai ou é dessa juventude louca que anda por aí?

- Posso assegurar que é da mais fina educação, zeloso, cumpridor e muito disciplinado.

- Bem, se assim é, e bem sabe que confio em si, vai pedir aí nos serviços um impresso de candidatura, preenche e entrega pessoalmente â minha secretária. Diga-lhe que é para mim, conforme o combinado.

 

Assim se procedeu...

 

Uns tempos mais tarde o senhor Director recebia uma «modesta» lembramça do trabalhador exemplar, que isto de educação e agradecimento é essencial no perfil do trabalhador.E, assim, lá foi esperando que, um dia, também o seu Director se lembrasse de inovar, criar organigramas com locais inúteis mas criadores de postos de chefia.

 

O senhor Director de Recursos Humanos telefonou ao Director e informou que, quanto mais sofisticada fosse a organização do seu Departamento, mais poder e influência o Director teria no seio da empresa. Mais acrescentou que tinha um funcionário exemplar com todas os requisitos para ocupar lugares de chefia.

 

Assim, o trabalhador foi chamado para lhe transmitir que para chefiar era preciso saber comandar.. 

 

Logo respondeu que determinado Colega nem sempre chegava pontualmente e se tivesse poder hierárquico, ele imediatamente iria aprender a lição.

 

Foram criadas Secções (chefiadas por quem nunca entendera nada do que lá se fazia, mas mandava) e Divisões que as supervisionavam.

 

Fácil será imaginar o disciplinado homem saltar logo para chefiar os novos Chefes e passar a ter tempo para se matricular no ensino superior privado

- com a melhoria remuneratória - e sem muito a fazer num lugar já elevado da hierarquia.

 

Nas ulteriores avaliações, muitos rostos chorosos eram vistos...

 

Conserva ainda o rosto obediente e quando surge um problema para solucionar, remete-o a áreas técnicas especializadas.

 

O papel aqui não parou nem um dia, pode garantir perante qualquer entidade supervisora.

 

Um dos rostos mais chorosos foi visitado por um Administrador que pessoalmente o cumprimentou.

 

A avaliação melhorou, é agora muito competente na companhia de quem tanto a fez chorar nas avaliações.

 

E, não obstante a divulgação de que as entradas de trabalhadores estão, congeladas, há quem assegure que aquele menino de ar arrogante, de quem sabe e nada tem a aprender, atrevido nas intromissões, mas com perguntas da mais pura ignorância, é filho do promovido chefe...

 

 

 

(1) Não havia jogos de cartas na internet, nem esta, pelo que estaria a meditar na transformação do Departamento na designação actualizada de «Recursos Humanos».

publicado por Manuel Luís às 09:32
sinto-me: a pensar nos amigos bloguistas

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


mais sobre mim
arquivos
2009

2008

favoritos

ABRIL

links
pesquisar
 
tags

2009; ano novo; amizade(1)

acção executiva; cheques; crime; juiz(1)

amizade; amor; vida; sorriso(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades;(1)

amizade; cidadania; cidadão; cidades; co(1)

amizade; cidadania; cidadãos; direito ro(1)

amor; amizade(1)

amor; mulher; violência; justiça; crimes(1)

bancos; depósitos; antónio vitorino(1)

bancos; fundos de investimento; ppa; ppr(1)

blogs; blogosfera; informática; revistas(1)

casamento; divórcio; direito positivo; j(1)

cavaco silva; ps; psd; açores;politica(1)

cheques; revogação; bancos;(1)

chico buarque; maria bethânia; nat king(1)

código do trabalho(1)

crédito à habitação; politicos; jorge sa(1)

crimes; justiça; tribunais; advogados(1)

custo de vida; preços; bancos; luz(1)

direito; direito positivo; saúde; multas(1)

direito; direitos de personalidade(1)

direito; priberam; tribunal contituciona(1)

dudh; declaração universal dos direitos(1)

esperança; saúde; justiça; educação; pol(1)

fé; supertição; amizade(1)

heloise helena; amizade; poesia; interne(1)

infância; memórias; vida(1)

jornais; crime(1)

jornais; estado; ps(1)

juros; d.p.; bancos; fundos; depósitos(1)

justiça; oe; orcamento de estado(1)

juventude; imaginação(1)

livros; antónio arnaut; rio de sombras(1)

livros; história; joaquim fernandes; mar(1)

livros; história; natal(1)

livros; lei; direito; processo civil; ju(1)

livros; leitura(1)

mulher; amor; amizade; trabalho;(1)

mulher; amor; solidão(1)

mulher; homem; casamento; blogs; anedota(1)

natal; acidente de viação; igreja(1)

obama; e.u.a; paz; anedotas(1)

penhora; saldo bancário; código do traba(1)

poesia; amizade; heloise helena(1)

poesia; ary dos santos(1)

poesia; ary dos santos; mulher(1)

poesia;justiça;liberdade; corrupção(1)

policia judiciária; internet; yahoo; msn(1)

política; bancos(1)

politica; mário soares(1)

romance; infância; memórias; emigração(1)

romance; trabalho; avaliação; competênci(1)

vida; amor; felicidade(1)

violência doméstica; neve;(1)

voluntariado; natal; sem-abrigo(1)

todas as tags

blogs SAPO